HIIT – high-intensity interval training – Treinamento Intervalado de Alta Intensidade

Normalmente quando pensamos em queimar calorias, imaginamos logo ficar um longo período de tempo na esteira, na bicicleta, ou elíptico, com a idéia de que quanto mais tempo durar o exercício, maior será o gasto calórico. Entretanto, a ciência hoje sugere que não é bem assim, e nas últimas décadas os estímulos intervalados estão ganhando espaço com uma duração menor porém com melhores resultados. Essa é uma boa dica para quem tem pouco tempo.

O Que é HIIT?

A premissa básica deste tipo de treinamento, como sugere o nome, são estímulos em intensidade forte a muito forte. Você terá que executar o exercício aplicando o seu máximo por um determinado período de tempo, seguido de um pré-definido “intervalo” onde será reduzida a intensidade do exercício, mas você não pára até que o tempo estipulado esteja completo. Estes estímulos fortes com recuperação curta, geram um déficit na demanda de oxigênio para o nosso sistema aeróbio. Esse déficit de Oxigênio durante o HIIT resulta em um metabolismo acelerado que dura horas mesmo após o término da atividade, que chamamos de EPOC, sigla para “excess post excersise oxygen consumption, ou o consumo excessivo de oxigênio após o exercício.

Benefícios do HIIT

Além das pesquisas evidenciarem, um maior gasto calórico, que para quem quer emagrecer essa é uma excelente alternativa, o HIIT pode ser feito praticamente em qualquer lugar com qualquer aparelho, ou até mesmo sem nenhum aparelho. O HIIT não precisa ser feito necessariamente em aparelhos aeróbicos. As possibilidades são praticamente infinitas. Pode ser feito com corda de pular, com peso, com faixas elásticas, ou até com o peso de seu próprio corpo.
Em um estudo apresentado na reunião anual da American College of Sports Medicine, da Florida State University, os pesquisadores indicaram que os indivíduos que seguiram o HIIT queimaram quase 10% mais calorias durante as 24 horas pós-treino do que aqueles que realizaram exercícios constantes, apesar de o total de calorias queimado durante os treinamentos ter sido o mesmo.
Além do aumento do metabolismo de descanso, a pesquisa confirma que o HIIT é eficaz na melhoria da máquina metabólica das células musculares que promovem a queima da gordura.

Devemos alertar apenas que o HIIT exige um pouco mais de nosso corpo, e para reduzir os riscos de lesões, pergunte a um Profissional de Educação Física e tenha um atestado médico antes de iniciar qualquer atividade física.


Por Personal Trainner Renata Cunha Barros
www.lifestyleintervention.com

Você também pode gostar:

Mais postagens como esta…

Menu
Open chat