Facilitando o diagnóstico Pré-Eclâmpsia

Pré-eclâmpsia é uma situação grave de hipertensão arterial na gravidez, geralmente
com proteinúria, edema e hipovolemia. Ocorre a partir do 2º trimestre da gestação,
em pacientes previamente hipertensas ou não, aumentando significativamente a
morbidade e mortalidade maternas.

Na prática seu diagnóstico é baseado
principalmente em dados clínicos o que frequentemente torna difícil uma decisão
terapêutica, pois a antecipação do parto é o único tratamento curativo.
Tem-se tentado explorar vários biomarcadores inflamatórios e angiogênicos sendo
atualmente considerado o padrão-ouro diagnóstico a relação sFlt-1/PlGF*.
Entretanto este exame não é economicamente viável na maioria de nossos serviços
de obstetrícia.

Recentemente foi observado que as proteínas urinarias da mulher com pré-eclâmpsia têm afinidade pelo corante vermelho do Congo (o mesmo que tem
afinidade por substancia amilóide no diagnóstico da amiloidose) – a chamada
congofilia urinaria. Assim, Rood e cols desenvolveram um teste diagnóstico (CRD
Paper Test) para detectar a eosinofilia urinaria usando gotas de urina fresca em
teste de tiras de papel com corante do Congo. Este teste protótipo mostrou ótima
correlação com a relação sFlt-1/PlGF em estudos experimentais em vários centros e
promete ser uma arma prática – simples, de leitura imediata, não invasiva, de baixo
custo – a ser usada no rápido diagnóstico da pré-eclâmpsia em emergências
obstétricas, facilitando as condutas apropriadas. Deverá ser brevemente lançado
para uso rotineiro.

* SFlt-1 = tirosinoquinase-1 simile solúvel
PlGF = fator de crescimento placentario
RESEARCH PAPER | EClinicalMedicine (Lancet)
VOLUME 8, P47-56, FEBRUARY 01, 2019
Congo Red Dot Paper Test for Antenatal Triage and Rapid Identification of Preeclampsia
Kara M. Rood & COLS.
Open Access • Published: March 01, 2019 • DOI: https://doi.org/10.1016/j.eclinm.2019.02.004
Você também pode gostar:

Mais postagens como esta…

Menu
Open chat