Estatísticas da RBC

Trabalhar com gente criativa e que vive e produz em um patamar elevado de desempenho cognitivo desperta fascínio e admiração. A equipe da SOCERJ tem demandas desafiadoras em todos os sentidos, e uma das maiores está em produzir material científico de qualidade, orientado para um público que não se contenta com pouco. É fascinante observar como o trabalho diário do pessoal da sociedade se cristaliza em projetos, que vão desde as mais simples newsletters, passando por produtos relevantes como o livro eletrônico, que se tornou um marco, dado o sucesso dessa empreitada, do curso de reciclagem, das PEMCs até empreendimentos complicadíssimos como os congressos. Nesse espectro da produção científica encontra-se a publicação da Revista Brasileira de Cardiologia.

A revista, que nasceu com o nome de Revista da SOCERJ, fará no próximo mês seu 25o. aniversário. Teve o nome modificado em 2010 com a expectativa de refletir a abrangência que vinha tomando, já que publicava-se material oriundo de diversas partes do país; um nome que sugerisse uma publicação de âmbito local já não fazia jus às mudanças que a revista vinha desenvolvendo. Desde março do ano passado, a RBC foi publicada em um domínio próprio da internet, independente do site da SOCERJ: a RBC online.

O início foi tímido, sem grandes alardes, já que a informática tem suas próprias necessidades, que precisavam ser entendidas e atendidas. Tivemos que organizar todo material digitalizado das revistas anteriores, extrair o texto em um formato que pudesse ser indexado pelo sistema, dar tratamento às imagens, planejar a apresentação visual. Elementos aparentemente simples como a submissão de artigos para avaliação mostraram-se extremamente complexos, dado o processo intrincado que uma avaliação justa implica. Parece simples, aos olhos daqueles que apreciam o trabalho sem conhecer as engrenagens dessa caixa preta. A apresentação visual foi deliberadamente planejada para ser minimalista, para que nosso público se acostume com a interface da leitura em mídia eletrônica.

Deixamos que o público descobrisse espontaneamente o site da revista, sem grandes eventos para a promoção. A despeito dessa estratégia, as estatísticas de acesso mostram um acesso crescente às páginas do site, sem oscilações ao longo do mês, o que significa um acesso consistente, constante e crescente ao longo do tempo. Abaixo demonstramos a taxa de crescimento de acessos desde a criação do rbconline.org. Verificamos que a há uma discreta queda na média diária em julho – seriam as férias escolares? Como a pesquisa esse levantamento de dados foi efetuado no dia 7 de agosto, o valor do total de acessos desse mês ainda é pequeno. Precisamos de um tempo maior para entender essas oscilações.

Naturalmente este não é um produto acabado. Trata-se de um projeto em constante evolução, demandando atenção para o amadurecimento compatível com o nível de exigência de nosso público. Consideramos como missão alcançarmos esse patamar de qualidade. A causa é boa e nossa equipe tem disposição.

AcessosMesJornalAgo2013

AcessoDiarioJornalAgo2013

Por Dr. César Gerson Subieta

Editor de Publicações Eletrônicas

Você também pode gostar:

Mais postagens como esta…

Menu
Open chat