Como uma Onda

Participar do 11o Congresso Fluminense de Cardiologia, da SOCERJ, foi uma alegria. Com uma programação científica original e diversificada, que priorizou os aspectos práticos do conhecimento na especialidade, tivemos todos a oportunidade de fazer uma revisão, com objetividade, dos mais importantes temas da cardiologia e, em ambiente informal, debater com os colegas e amigos as dúvidas do dia a dia.

Tive a honra de participar como palestrante, junto a outros convidados, do concorrido colóquio sobre hipertensão, do simpósio sobre novidades no tratamento do diabetes tipo 2 e da sessão de Highlights ao final do evento.

Além disso, assisti, como congressista, a muitas outras atividades, que contaram sempre com boa assistência, apesar do sol que aquecia as paradisíacas praias de Búzios onde o evento foi organizado.

Por sugestão da amiga Olga, presidente da SOCERJ, que me explicou que esse era o evento “da família”, viajei com minha esposa Melissa e nosso filho Artur, de 4 anos.

Artur percorreu comigo as salas de aula e não conseguia entender por que o pai e tanta gente ficava no congresso adiando a ida à piscina, à praia ou o passeio pela bela cidade.

À noite, percorremos a orla Bardot, a Rua das Pedras e nos deliciamos nos ótimos restaurantes locais. Ainda deu tempo de passear pelas praias.

Artur se encantou com a cidade e não esqueceu as estátuas dos pescadores, de Juscelino Kubitschek, em frente à sua antiga casa de praia, e da eterna musa Brigitte Bardot.

Já em Belo Horizonte, na 2a feira, Artur fez questão de contar toda a estada  em Búzios para os colegas da escola. Não perdi a oportunidade de saber dele como havia sido a conversa. “Papai, sabia que poucos dos meus coleguinhas conhecem Búzios? Mas o pior é que nenhum deles conhece nem JK nem Briggite Bardot!”

Entendi o quanto é importante vivenciar monentos como aqueles em Búzios, unindo ciência ao encontro com amigos, a oportunidade de conhecer pessoas e ouvir suas ideias. Pois o tempo passa; como uma onda.

Marcus Vinícius Bolívar Malachias é cardiologista, professor da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais e presidente-eleito da SBC 2016-17.

 

Por Dr. Marcus Vinícius Bolívar Malachias

Você também pode gostar:

Mais postagens como esta…

Menu
Open chat