Aproveite o feriado científico e turístico!
Participe do 40º Congresso da SOCERJ
19 A 21 DE ABRIL DE 2023

Canal 1 - Estúdio Canal 2 - Estúdio Canal 3 - Virtual Canal 4 - Virtual Canal 5 - Virtual

09/05

13:00
17:00
ATIVIDADE
Multiprofissional SOCERJ
19:25
19:30
Intervalo
19:30
20:00
Abertura
Abertura Oficial
20:00
20:30
Mini Conferência de Abertura
Mini Conferência de Abertura
20:30
20:35
Intervalo
20:35
21:30
Simpósio Satélite Especial
Simpósio Satélite Especial
21:30
21:35
Intervalo

10/05

17:25
17:30
Intervalo
17:30
18:25
Colóquio
Novidades do Ventrículo Direito

1. O ECO mostrou PSAP aumentada, o que fazer a seguir?
2. Métodos de avaliação da função do VD: É possível contar apenas com o ecocardiograma?
3. Disfunção isolada da válvula tricúspide: Como conduzir?
4. Intervenção percutânea tricúspide: Já chegamos lá?
5. Quando indicar tromboaspiração na endocardite direita?
Colóquio
COVID E CARDIOLOGIA

1. Complicações pós vacinais: quando suspeitar e como conduzir?
2. Miopericardite pós-COVID-19: como manejar?
3. SCA na COVID: quanto é diferente?
4. Mecanismos embólicos associados à infecção e no pós COVID: já conseguimos entender tudo?
5. Estatinas e mortalidade na COVID-19: qual a associação?
6. Reabilitação cardíaca pós COVID: qual o melhor protocolo?
7. Disautonomias pós COVID-19: o que o tempo nos mostrou?
8. Quais os benefícios dos anticoagulantes na terapia e prevenção pós infecção?
9. A presença de FA se associa a um pior prognóstico na COVID-19?
10. COVID-19 e bradiarritmias: o que conseguimos concluir?
Mesa Redonda
Cardio-oncologia - Disfunção Ventricular Secundária à Cardiotoxicidade


1. Pela quimioterapia clássica: antracíclicos e ciclofosfamida

2. Pelos inibidores de imuno checkpoint

3. Pelos inibidores da tirosinaquinase e proteassoma
Curso Emergências Cardiovasculares SOCIERJ
18:25
18:30
Intervalo
18:30
19:25
Colóquio
DAC Crônica - Lições dos grandes Trials

1. Terapia antitrombótica / Compass
2. Colchicina / Lodoco 2
3. Revascularização na disfunção VE /Ischemia
4. Revascularização na lesão de TCE / Excel 5 anos
Colóquio
Amiloidose Cardíaca: Quando pensar e como investigar?

1. Revisitando os sinais de alerta para Amiloidose Cardíaca
2. Causas de falso positivo pelo eco (strain)
3. Existe amiloidose pela med nuclear com RM ou eco negativos?
4. Quais são os principais exames laboratoriais e quando devem ser pedidos?
5. Como realizar o acompanhamento com amiloidose cardíaca?
Mesa Redonda
Desafios na fibrilação atrial

1. Estado da arte na investigação. Papel da quantificação de carga de FA
2. A ablação por radiofrequência da FA é indicada para todos os pacientes?
3. Prevenção de AVC em pacientes com alto risco de sangramento. Quando indicar o oclusor percutâneo da auriculeta?
Curso Emergências Cardiovasculares SOCIERJ
19:25
19:30
Intervalo
19:30
20:25
Colóquio
Terapia de reposição hormonal no homem e mulher - O que o cardiologista precisa saber?


1. Terapêutica hormonal da menopausa - riscos e benefícios
2. O que é o "Chip da beleza" e qual o posicionamento das sociedades?
3. Efeitos do abuso da Testosterona na Mulher e no Homem
Colóquio
Endocardite

1. A profilaxia antibiótica deve continuar restrita?
2. Diagnóstico - Como os métodos de imagem podem auxiliar na confirmação da doença
3. Antibioticoterapia oral reduzida: quando e para quem?
4. Indicações de intervenção cirúrgica precoce
5. Endocardite associada a dispositivos implantáveis - dificuldades no diagnóstico e tratamento
SSV 01SSV 02Atividade 11 - SOCIERJ
20:25
20:30
Intervalo
20:30
21:25
Colóquio
Inovações em Ecocardiografia - Qual o impacto no manejo clínico dos pacientes?

1. Multimodalidade na avaliação de pacientes com ICFEP - qual o papel do ECO?
2. Qual a utilidade prática do Myocardial Work na avaliação clínica dos pacientes?
3. O ECO 3D pode auxiliar na seleção de pacientes para plastia mitral?
4. Qual o melhor método para avaliar a gravidade e mecanismo fisiopatológico da regurgitação tricúspide? O ECO pode fornecer dados para a escolha do melhor tratamento?
5. Análise integrada através do Ultrassom pulmonar e Vexus. Qual a sua aplicação clínica?
Colóquio
Cardiogeriatria - Dilemas na conduta em octagenários e nonagenários


1. Manutenção ou suspensão de fármacos
2. Lesão de tronco de artéria coronária
3. Estenose valvar aórtica
4. Indicação de cardiodesfibrilador e ressincronizador
5. Liberação para atividade física competitiva
SSV 03SSV 04Atividade 14 - SOCIERJ
21:25
21:30
Intervalo

11/05

17:25
17:30
Intervalo
17:30
18:25
Colóquio
Cardiometabolismo - Esteatose hepática, esteatohepatite e risco cardiovascular


1. Qual(is) o(s) mecanismo(s) responsáveis pela esteatose hepática?
2. A esteatose hepática não alcoólica é fator de risco independente para desfechos cardiovasculares?
3. Quais pacientes têm maior risco de desenvolver esteatohepatite?
4. Esteatohepatite aumenta risco de câncer?
5. Como diferenciar esteatose hepática de esteatohepatite? Biópsia para todos?
6. A elastografia hepática é um bom método para diferenciar esteatose de esteatohepatite? Poder orientar a necessidade ou não de biópsia hepática?
7. Perda ponderal reverte a esteatose? E o controle glicêmico no diabético? É suficiente?
8. Tratamento da esteatose hepática: Pioglitazona? Vitamina E? Agonistas de GLP1? Há evidências concretas para alguma abordagem farmacológica? E se existe, em que situação está indicado o tto?
Colóquio
Hipertensão em situações especiais


1. Hipertensão e doença renal crônica: Podemos tratar o hipertenso renal crônico com tiazídicos? Em que situações? Qual a meta terapêutica nos renais crônicos? Tratamento da hipertensão arterial no paciente dialítico?
2. Hipertensão e disautonomia: Paciente com hipertensão supina e disautonomia: Como tratar?
3. Qual o melhor esquema terapêutico no hipertenso com fibrilação atrial crônica? Como proceder com o hipertenso asmático portador de FA?
4. Hipertensão e doença coronariana: Que fármacos devemos e que fármacos não devemos usar em DAC? Inibidores de fosfodiesterase são seguros em hipertensos coronariopatas? Devemos mesmo nos preocupar com o nível de PA diastólica ao tratarmos o hipertenso com DAC?
Mesa Redonda
Dúvidas de consultório no pós AVC


1. O ECO e o Holter foram normais na internação: E agora?

2. Terapia anticoagulante após um AVC: Quando usar e quando não usar?

3. Quando eu chamo o cardiologista intervencionista para ajudar na prevenção do AVC? (Sugestão: FOP e oclusão de auriculeta)
Mesa Redonda
Doença Coronariana Não Obstrutiva


1. Por que estão falando tanto de doença da microcirculação coronariana?

2. Como diagnosticar o que o cateterismo não vê?

3. O que temos e o que teremos no tratamento da doença coronariana não obstrutiva?
ACCERJ
18:25
18:30
Intervalo
18:30
19:25
Colóquio
Saúde Mental


1. Como a saúde cardiovascular impacta na saúde mental?
2. Quando indicar tratamentos alternativos (Yoga, meditação, Mindfullness...) para redução do estresse e da ansiedade?
3. É possível alcançar as 7 metas sem suporte psicológico/profissional (vícios, compulsões...)?
4. Como abordar a saúde mental com o idoso?
5. Aumentou a procura de suporte profissional/psicológico na pandemia?
6. Como selecionar as drogas antipsicóticas em cardiopatas?
Colóquio
Insuficiência cardíaca e miocardiopatias: dúvidas no consultório

1. Dapagliflozina e empagliflozina: para quem, quando e como?
2. Repor ferro: para quem, quando e como?
3. Anticoagular o paciente com miocardiopatia: quais? quando? como? por quanto tempo?
4. Disfunção miocárdica pós-COVID-19: como tratar e por quanto tempo?
5. Dúvidas práticas: posso jogar futebol? Fazer sexo? Viajar de avião? Dirigir? Sildenafil?
SSV 05Colóquio
Eletrocardiograma

ACCERJ
19:25
19:30
Intervalo
19:30
20:25
Colóquio
Imagem - O que fazer quando o paciente...

1. Assintomático e com lesão na Artéria Descendente Anterior na Angio TC
2. Cardiomiopatia hipertrófica sem eventos prévios com muito realce tardio
3. Com dor atípica e extensa área de isquemia na cintilografia
4. Com palpitação e Holter com 30 mil ESV e realce na RM
5. Angina típica e coronárias normais na TC
Colóquio
Investigação da síncope: por onde iniciar e até onde devemos ir?

1. Definição e mecanismos envolvidos - como resumir?
2. Qual o papel da anamnese na estratégia diagnóstica? Podemos concluir algo sem uma história minuciosa?
3. Quais os pontos mais importantes no exame físico do paciente com síncope inexplicada?
4. Exames complementares não invasivos na investigação da síncope: Qual o papel de cada um?
5. Estratificação invasiva na síncope: quando, como e para quem?
6. Quando indicar a monitorização prolongada? Monitor de eventos externo ou inserível, qual o melhor?
7. Síncope na terceira idade: quais as peculiaridades dessa população e como investigar as quedas recorrentes inexplicadas?
8. Como definir as disautonomias e quais as principais pistas para o diagnóstico?
9. Assistolia não é igual a implante de marcapasso: pode me explicar isso melhor?
10. Qual a importância da Medida do QT e avaliação da repolarização ventricular na síncope?
SSV 06SSV 07SOTIERJ
20:25
20:30
Intervalo
20:30
21:25
Colóquio
Telemedicina no Mundo Pós-pandemia


1. Posso fazer consulta de primeira vez pela internet ou apenas retorno?
2. Como devem ser registrados os teleatendimentos?
3. Qual a diferença de teleconsultoria, telediagnóstico, telerregulação e teleeducação?
4. De quem é a responsabilidade pela prescrição em teleconsultorias?
5. Para quem indicar telereabilitação, ela é efetiva?
Colóquio
Após 2 anos da primeira Diretriz sobre Espiritualidade, como fica a abordagem prática

1. Já temos evidências suficientes para inserir Espiritualidade no plano terapêutico?
2. O que falta para avançarmos nas intervenções de Espiritualidade nos cuidados paliativos em cardiologia?
3. É possível intervir em Enfermidade Moral?
4. Como identificar e intervir em sofrimento espiritual?
5. Intervir em espiritualidade impacta no manejo da Hipertensão Arterial?
SSV 08SSV 09SOTIERJ
21:25
21:30
Intervalo

12/05

17:25
17:30
Intervalo
17:30
18:25
Colóquio
Arritmia: Dúvidas do consultório


1. Palpitações taquicardicas. Por onde começar a investigação e como resolver?
2. Tenho extrassístoles sintomáticas. O que fazer?
3. Taquicardia e história familiar de morte súbita em parentes jovens. Isso é sério?
4. Mapeamento genético das arritmias cardíacas. Como colocar em prática?
5. Idoso frágil com múltiplas comorbidades e FA. Controle do ritmo ou da frequência cardíaca?
6. FA na IC: o que devemos fazer?
Colóquio
DAC Aguda - Condutas nas Síndromes coronarianas após a alta hospitalar:


1. Estratégias individualizadas no uso de antitrombóticos
2. Importância de terapia anti-isquêmica
3. Drogas antiremodelamento, para quem e quando?
4. Hipolimemiantes e Antidiabéticos orais
5. Estratificando para morte súbita
Mesa Redonda
Digital Health


1. Papel dos aplicativos na saúde cardiovascular

2. Wearables (por exemplo, Smartwatch)

3. Dispositivos de telemonitoramento em cardiologia
Mesa Redonda
Prevenção (Estilo de Vida) - Para tudo há solução...

1. Tempo e local para fazer exercício físico
2. Parar de fumar
3. Obesidade e dislipidemia
Mesa Redonda
SOCERJ INTERNACIONAL - DCV em Mulheres

18:25
18:30
Intervalo
18:30
19:25
Colóquio
Avaliando o risco cardiovascular na infância e adolescência: desafios na prevenção


1. Prevalência da obesidade e suas comorbidades em crianças e adolescentes.
2. Hipertensão arterial: importância do diagnóstico, controle e seguimento precoces.
3. Dislipidemias: perspectivas de prevenção da doença aterosclerótica; quando e como avaliar e tratar.
4. Atividade física: prescrição e incentivo à prática de exercícios.
5. O que temos observado em nossas crianças e adolescentes: o Estudo ERICA.
Colóquio
Cardio-oncologia - Como manusear o paciente com câncer...

1. ... de próstata e terapia de supressão androgênica
2. ...de mama e bloqueio estrogênico
3. ...e necessidade de anticoagulação
4. ...e hipertensão arterial
5. ...e síndrome coronariana aguda
Mesa Redonda
Hipertensão Arterial na Juventude


1. Aspectos epidemiológicos na hipertensão em jovens (podemos abordar o impacto da poluição doméstica no risco de desenvolvimento de hipertensão em jovens no desenvolvimento futuro de hipertensão, talvez algo sobre prevenção primordial em hipertensão arterial. Impacto da HA sobre o envelhecimento vascular precoce)

2. Hipertensão arterial na mulher pré-menopausa: O que é necessário lembrar? (Podemos abordar hipertensão na gravidez, escolha de anti-hipertensivos, preeclâmpsia, uso concomitante de estatinas nas hipertensas dislipidêmicas...)

3. Tratamento farmacológico do hipertenso primário com menos de 40 anos (podemos discutir O perfil hemodinâmico, HA sistólica ou diastólica isolada, uso de betabloqueadores sim ou não...)
Mesa Redonda
Insuficiência Cardíaca

1. Novos métodos de avaliação: US pulmonar a beira do leito (POCUS) , biomarcadores e sódio urinário

2. Novos fármacos: INRA, inibidor SGT2 e Ferro

3. Transplante: quando e como indicar?
SOCERJ INTERNACIONAL - ICFEP

19:25
19:30
Intervalo
19:30
20:25
Colóquio
Colóquio Dr. Ricardo Vivacqua - Teste Ergometrico, Teste Cardiopulmonar de Exercício e Reabilitação Cardiopulmonar


1. Ainda há espaço para o Teste Ergométrico na doença arterial coronariana crônica?
2. Interpretação da resposta da pressão arterial ao exercício.
3. Importância do Teste cardiopulmonar do Exercício no pré-operatório de cirurgias bariátricas e cirurgias pulmonares.
4. Reabilitando o paciente oncológico.
5. É indicado reabilitar no pré-operatório de cirurgias valvares e coronarianas?
Colóquio
Distúrbios do Sono e as Doenças Cardiovasculares

1. Impacto das modificações no estilo de vida na redução do risco cardiovascular em pacientes com apneia do sono?
2. Devemos pesquisar apneia do sono em pacientes com FA? E o inverso?
3. Arritmias ventriculares tem pior prognóstico em PAC com apneia do sono?
4. Qual o impacto da terapia por CPAP no controle da hipertensão arterial resistente?
5. Quando indicar CPAP no paciente com IC e apneia do sono?
Mesa Redonda
SSV 10
SSV 11SSV 12
20:25
20:30
Intervalo
20:30
21:25
HIGHLIGHTS ENCERRAMENTOAssista no Canal 1 - Highlights EncerramentoAssista no Canal 1 - Highlights EncerramentoAssista no Canal 1 - Highlights EncerramentoAssista no Canal 1 - Highlights Encerramento
21:25
21:30
Intervalo
Menu
Podemos te ajudar?